Antártida - Inglês (English) Antártida - Espanhol (Español)
|
|
|

FAQ

|
Cruzeiros à Antártida
 
   
 

:: News

:: Artigos

:: Ushuaia

:: Blog

 
 
 

Depoimentos de Passageiros

Confira os depoimentos de diversas pessoas que viajaram à Antártica com a Antarctica Expeditions.

 

 

 

Viagem ao frio do mundo!

Frio e viagens longas são assuntos temíveis para mim. No inverno pouco rigoroso de Porto Alegre, minhas mãos e pés ficam dormentes com facilidade devido a uma síndrome chamada Raynaud e por isso devo usar luvas como minha própria pele. Além do inverno, sofro com viagens longas de qualquer tipo por sentir náuseas com facilidade. Como a vida é surpreendente casei com uma pessoa cujo maior sonho era o de conhecer a Antártica. Quando começaram os planos, racionalmente decidi não participar desta viagem, pois ela compreenderia enjoos múltiplos e frio intenso. Entretanto, fui fisgada pelas pelos charmosos pinguins dos catálogos e ao mesmo tempo pelo medo do arrependimento.

Era janeiro, portanto auge do verão em Porto Alegre quando nós partimos a bordo de um navio que saiu do fim do mundo (Ushuaia, na Argentina) rumo ao continente que possui o ar mais puro do planeta. Nosso itinerário de 12 dias compreendia 5 deles com desembarques. Nos primeiros dois dias, enquanto a expedição oferecia palestras sobre o que encontraríamos no continente branquinho, os dois oceanos Pacífico e Atlântico se encontravam no mar aberto e eu tentava encontrar os sacos de indisposição alimentar. Enjoos afetam a maioria dos passageiros durante a passagem do Drake, nome dado ao trajeto que liga o fim do mundo ao continente gelado. Eu passei dois dias praticamente deitada e pálida como um bloco de neve.

No terceiro dia de viagem, quando os primeiros icebergs começaram a aparecer, o mar acalmou e os problemas de enjoo foram esquecidos. Os icebergs tornaram-se tão comuns quantos nuvens no céu e os primeiros pinguins logo apareceram brincando na água. No dia seguinte, pisamos pela primeira vez na Antarctica e fomos recebidos com um silêncio desconcertante. De repente, nossas vozes pareciam altas demais e as palavras morriam de vergonha das paisagens. As montanhas cobertas de neve se confundiam com as nuvens formando um tecido branco de diferentes texturas. O céu nos mostrou um azul que nunca existira. A paz era continuamente sentida e não havia sequer insetos para nos distrair.Os únicos barulhos encontrados vieram das colônias de pinguins e eventuais pássaros. Pinguins não possuem predadores naturais em terra e ao nos aproximarmos respeitando uma distância mínima pudemos assisti-los cuidando dos filhotes. Enquanto isso, focas literalmente pairavam preguiçosas sobre os icebergs. Para nós, o momento mais emocionante de contato com a fauna foi quando uma baleia se aproximou de nosso bote enquanto voltávamos para o navio no fim da tarde. Ver aquele animal tão grande a poucos metros de nossas mãos lançando sua cauda para o alto e mergulhando como se quisesse nos surpreender me fez chorar de alegria e ignorar qualquer medo.Para completar o sentimento de universo a parte, o sol se põe muito tarde no verão sempre atrás de montanhas de gelo ou icebergs. O nascer do sol ocorre poucas horas depois e, portanto sempre há uma luminosidade. O ambiente nos inspirava constantemente, tanto que quando chegava à noite, aproveitávamos para escrever e desenhar.

Abraços,

 

Vanessa Conz, RS – A bordo do Ocean Nova Fev 2012

 

Olá Zelfa! Agora estou no ninho de casa!


Fiz uma ótima viagem. Do calor de Recife caí em Ushuaia (terra do fim do mundo) e peguei o navio para Antartida, um espetáculo pisar no mais inóspto continente, baleias mink a dois palmos da minha mão, pinguins, petrels, krils, icebergs, banquisas, glaciares, vulcões, avalanches, até entrar na água com gelo, um batismo para mim, o 10. O sol frio como lampada de geladeira e o cel estava limpo, após o quarto dia caiu neve eu de guardachuvas fiz o maior sucesso, claro que com as bandeiras do Brasil, Pernambuco e do meu time de futebol o Sport Clube do Recife.
Zelfa, esta viagem vai servir e está servindo para melhorar minhas aulas na UPE universidade que leciono, regendo a disciplina de Hidrogeografia que abordamos as águas, inclusive as águas glaciares, terei mais propriedades teóricas, práticas e fotos para compartilhar com os alunos. Foi grande o aproveito pessoal e será o profissional. Não fiquei bem na passagem de Drake, como a maioria dos passageiros do barco, foi pauleira, levei duas injeções na ida, a volta com dramim e passou.
Pisando em Ushuaia, viajei té Buenos Aires mochilando entre albergues e ônibus, parei em El Calafate (glaciar Perito Moreno, Bariloche, Osorno e Santiago (Chile), voltei para Argentina Mendoza (dezerto) e Buenos Aires em cima da hora do voo, por isto não liguei para você. 
Cheguei passei 5 dias na praia de Guadalupe-PE acampando para pintar o corpo de negro e voltei às aulas da UPE com toda energia e literalmente FELIZ, viva o mundo, viva o trópico!.
Abraços e obrigado pela facilitação desta oportunidade.

Jorge Araujo, PE – a bordo do M/V Ushuaia Jan 2012
obs. 
Várias pessoas desejam ir tb para Antartida, vou indicar seu contato.

Oi Zelfa,

A viagem foi ótima, a equipe do navio e da Quark foram incansáveis em nos proporcionar o melhor. Quem gosta de natureza e quer se desligar completamente da rotina, não tem nada melhor. Eu e minha mulher adoramos. Abs, Milton e Lourdes Carvalho, RJ a bordo do Sea Spirit Feb , 2012

Oi Zelfa,


Ainda me encontro sob o impacto da “Aventura Polar”.  Fica difícil voltar à
rotina da cidade grande após desfrutar de  uns dias de êxtase mediante
tamanha grandeza.  Tudo é majestosamente grande demais e a natureza impera
sobre nós ...(pobres mortais).  A grandiosidade é tanta que de um momento de
extrema beleza, como o despencar de uma geleira, carregando tudo abaixo
naquele turbilhão branco, é lindo e ao mesmo tempo assustador.  Tive a
oportunidade de ver dias ensolarados, céu azul, vento brando, assim como
dias de tormenta, de céu escuro, ventos fortíssimos e ondas gigantescas.
Tudo é muito forte, tanto no aspecto da beleza como no do terror.  A
natureza se impõe de tal forma que nos reverenciamos a ela com aquiescência
de que ela é absoluta e que  qualquer ato intrépido ou impensado pode levar
facilmente a uma tragédia.  É um continente inóspito, imprevisível e ao
mesmo tempo , quando chegamos a uma daquelas baías, este mesmo continente
nos convida , ou melhor, quase nos força   a subir,  mais e mais numa
daquelas montanhas para poder, de lá de cima,  desfrutar de um cenário
único...a imensidão.  As focas nos olham com indulgência como que nos
perdoando pelos terríveis massacres que sofreram e ainda sofrem até quase
sua extinção.  Os pingüins, de diversos tipos, são o exemplo de simplicidade
que na sua ingenuidade chegam até bem próximos a nós, desconhecendo
totalmente  esse tipo de perigo – o homem.  E o que falar dos pássaros ? Do
albatroz   em perigo de extinção ?  Fiquei muito emocionada quando um deles
sobrevoando quase tocou minha cabeça.    Espero que  este Tratado de
Preservação continue por muitos anos para que possamos ter, quem sabe, no
planeta, uma área intocada.

O navio AkademiK Vavilov , embora pequeno, é muito simpático, com todo o
conforto à bordo.
O grupo da Quark é sensacional.  Eles são muito  competentes,  extremamente
amáveis e profissionais, por excelência, tanto nos serviços off shore, como
nos internos, nas palestras, demonstrações, filmes, etc.(sempre cumprindo
rigorosamente os horários programados, uma maravilha.)

Mais uma vez agradeço a você pela gentileza em  me receber em B. Aires para
um café e tomar todas as providências para que tudo corresse perfeitamente
bem.
Abração
Nilva B. SP - Cruzando o Circulo Polar Antartico, a bordo do Akademik
Vavilov Feb 2012

 

Olá Zelfa,

Foi espectacular. Ou como alguém disse: "Ainda não inventaram uma língua que tenha uma palavra que descreva o que é a Antártica". A Quark também foi espetacular no modo como conduziu as atividades fazendo com que tivéssemos a melhor experiência possível.

Abraço! Alfred Myers, SP A bordo do Vavilov , Cruzando o Circulo Polar Antártico Feb 12, 2012

Olá Zelfa,

Gostamos muito da viagem!!!
Tudo o que foi planejado pelos guias foi executado, com dois desembarques diários, sem ter que mudar o roteiro.
O alto astral de toda a tripulação e guias do Ushuaia é fantástico.

Abraços,
Marcos, Chen e Lieh, Curitiba a bordo do M/V Ushuaia Jan 9, 2012

 

Oi Zelfa!!!

Foi tudo maravilhoso, ainda estamos nos adaptando ao mundo por aqui.
Foi melhor do que esperávamos, tudo ocorreu perfeitamente e a Antartida vai ficar congelada em nossos corações e memórias.
O Drake no retorno foi complicado (digamos que perdemos alguns quilos devido aos enjoos), mas faz parte da expedição.
A Vanessa adorou tudo, fizemos todos os desembarques e o acampamento foi uma experiência unica!
No ultimo dia deu vontade de chorar ao ir embora...
Ainda estamos organizando as milhares de fotos e videos que tiramos.
Também vou te ligar para agradecer novamente e conversarmos com mais calma.

Abraços,
Rogerio e Vanessa, Porto Alegre – a bordo do Ocean Nova Jan 24, 2012

Oi Zelfa !!

A viagem foi FANTÁSTICA !!!!!!! Superou as nossas expectativas ! A equipe da expedição foi sensacional, o navio muito bom (nossa cabine era bastante espaçosa !!! ) e a natureza... simplesmente indescritível ! Realmente é viciante aquele lugar !
As lembranças de lá são maravilhosas, foi uma experiência inesquecível !
Muito obrigado por tudo !!!
Ano que vem queremos ir ao Polo Norte ver os ursos !
Abs,

Martha e Alexandre Lukin, SP a bordo do Sea Spirit – Feb 2012

 

Querida Zelfa
Antes de tudo, muito obrigada pela atençao
Já viajei muitos países do mundo, mas nunca fiz uma viagem tão fantástica quanto esta que fiz a Antartica.
É uma beleza que não imaginamos que existe
Nunca vou esquecer o barulho dos pinguins, a proteção que eles tem com os filhotes, a pose dos leões marinhos e as esculturas dos iceberg
Vi paisagens que jamais pensei ver, o valor cultural desta viagem é imensurável e cheia de expectativas.
Convivi com pessoas maravilhosas de diversas nacionalidades dentro do navio, onde nos tornamos um ambiente familiar, mesmo com uma linguagem diferente, estávamos juntos em grupos por afinidades.
Pena que só havia eu de Brasileira e de um pequeno Estado do Nordeste do Brasil. Me orgulho pela oportunidade de ter feito esta linda viagem. E convido a todos os Brasileiros a fazerem esta viagem. Tenha a certeza que divulgarei esta viagem como a mais maravilhosa que já fiz. Tive apoio de todos, desde o início da compra do pacote de viagem com a sua atenção, carinho e dedicação e até o retorno a Ushuaia. Os stafs do navio são maravilhosos, cada um a seu modo, são super atenciosos e cuidadosos.
As cabines são confortáveis e a alimentação é de primeira qualidade
Tenha certeza que vou voltar, se Deus quiser.
Ficarei muito feliz se outras pessoas fizerem esta viagem maravilhosa.
Beijos
Ivoneide Oliveira, CE A bordo do Akademik Vavilov Jan 20, 2012

 

Olá Zelfa,

Só tenho uma coisa a dizer sobre a Antartida: inesquecível!!
A viagem foi sensacional. O staff e extremamente profissional, sem deixar de
mencionar que fiz grandes amigos.
Obrigado por ter proporcionado momentos maravilhosos na minha vida!!
Estou recomendando para todos os meu amigos,